Plano de negócios para produção de móveis

Garantia de qualidade. Todas as regiões. Mais de 3000 opções em um só lugar. Download instantâneo.

Ao contrário do plano de negócios anterior para a produção de móveis, o plano de negócios proposto a seguir visa organizar uma produção maior de móveis. Usando o modelo de plano de negócios proposto para organizar a produção de móveis como um modelo inicial, você pode facilmente elaborar seu plano de negócios para a produção de móveis para suas condições específicas.

A fabricação de móveis é uma excelente opção de investimento, desde que você tenha escolhido a especialização certa e elaborado um plano de negócios detalhado para a produção de móveis. O mobiliário doméstico tem uma procura constante devido ao custo relativamente baixo e à qualidade cada vez maior dos produtos nos últimos anos. Além disso, dada a relativa simplicidade do próprio processo de fabricação de móveis, organizar a produção de móveis é uma ideia muito atraente para a criação de seu próprio negócio.

O mobiliário encastrado tem sido uma procura constante nos últimos anos, sendo fabricado para qualquer divisão de acordo com os desejos do cliente. Roupeiros embutidos podem ser encontrados em quase todas as casas hoje.

Uma direção interessante e promissora na produção de móveis é a fabricação de móveis infantis. Todo pai quer cercar seu filho com o que há de melhor, ecologicamente correto e bonito, mas os móveis importados são caros. Nesse nicho, há um crescimento ativo na demanda do consumidor hoje.

No que diz respeito à produção de mobiliário de escritório, também existem boas perspectivas, uma vez que são constantemente criadas novas empresas e certamente haverá procura de mobiliário de qualidade e baixo custo.

Claro, a escolha da especialização vai depender da sua pesquisa de marketing, já que cada região tem suas próprias características, demanda e presença de concorrentes. É bastante difícil fornecer produtos para exportação, uma vez que os consumidores estrangeiros compram principalmente materiais e componentes e estão muito relutantes em comprar móveis russos.

Então, se você decidiu a escolha do seu nicho no ramo moveleiro, então você precisa traçar um plano de negócios para a produção de móveis.

Plano de negócios de produção de móveis

A parte de produção do plano de negócios de fabricação de móveis

Premissas. Para a fabricação de móveis, são necessárias instalações de produção (a partir de 200 m²) e depósito (de 200 a 250 m²). Além disso, é necessário um escritório, cuja área pode ser qualquer, mas geralmente pelo menos 50-70 m². para apresentar algumas amostras de produtos.

Equipamento. Ainda são importados equipamentos de alta qualidade para a produção de móveis, os equipamentos vão depender da especialização escolhida e da capacidade financeira.

Pessoal. Além do gerente, do contador, dos gerentes de vendas, você precisará de um designer, artesãos, carpinteiros, montadores, vidraceiros, motoristas, lojistas. A produção de pequenos móveis geralmente requer uma equipe de cerca de 40 pessoas.

Móveis de gabinete são usados ​​por um público-alvo bastante amplo - tanto os compradores com orçamento limitado quanto os ricos compram elementos estruturais para móveis domésticos ou de escritório, bem como empresas. Sem ambigüidade, se considerarmos essa ideia de negócio como uma startup, então há um grão racional aqui - haverá clientes, não são necessários muitos custos de desenvolvimento e o produto está em demanda. Portanto, falaremos mais a respeito de como abrir uma produção moveleira, traçar um plano de negócios e quais receitas podem ser esperadas.

Como desenvolver um negócio moveleiro?

Hoje, a maior parte do nicho nesta direção do empreendedorismo é ocupada por médias e pequenas empresas, além de pequenas oficinas e workshops. Se analisarmos a demanda do consumidor, a demanda por móveis é a seguinte:

  • Casco.
  • Office.
  • Cozinhas.
  • Móveis estofados.
  • Móveis estofados e móveis para crianças.
  • Móveis para uma residência de verão.
  • Móveis feitos sob medida especializados - para fábricas, empresas e lugares semelhantes

O principal público-alvo dos produtos da loja de móveis é o seguinte:

  • Famílias jovens, incluindo aquelas com crianças em idade escolar.
  • Idosos, cidadãos em idade de pré-aposentadoria.
  • Proprietários de pequenas e médias empresas - para móveis de escritório, oficinas e assim por diante.

E como as pessoas nestas categorias são maioria, é possível, mediante um bom trabalho, garantir um afluxo estável de clientes.

Começando um negócio - Primeiros passos

Para que o negócio de fabricação de móveis seja eficaz, você precisa pensar bem e preparar tudo de antemão, e só então lançar seu projeto. Nesse caso, estamos falando sobre os seguintes recursos específicos:

  • Na maioria dos casos, as pequenas ou médias empresas não possuem depósitos de produtos acabados, pelo menos grandes áreas, e portanto a melhor opção seria trabalhar por encomenda. Mas, por outro lado, você precisa se dotar de um fluxo estável de pedidos, para não trabalhar a zero e não remunerar os funcionários pelo tempo ocioso.
  • A publicidade deve estar presente, mesmo que se trate de uma pequena oficina ou produção em média escala. Mas, imediatamente no plano de negócios para a produção de móveis de gabinete, grandes somas de dinheiro não devem ser colocadas nele - é melhor colocar a maior parte do orçamento na produção.
  • Não seria supérfluo abrir sua própria lojinha para a venda de amostras prontas. Mas, é melhor fazer um pouco mais tarde, depois de ter estudado bem as preferências do seu público-alvo.
  • Uma grande vantagem será a presença de um serviço de entrega próprio e uma equipe de montadores. Assim, você irá, de fato, fornecer uma gama completa de serviços, e isso é uma vantagem sobre os concorrentes.

A fabricação de móveis como um negócio requer uma análise preliminar obrigatória dos concorrentes e do mercado como um todo. Os trabalhos preliminares incluem o seguinte:

  • Avaliação do trabalho dos principais concorrentes. Isso o ajudará a identificar seus pontos fracos e "brincar" com isso - o que eles não têm, talvez você (é claro, no bom sentido).
  • Análise da solvência do seu público-alvo - isso o ajudará a construir uma política de preços flexível e, portanto, fornecer as condições mais favoráveis ​​do mercado.
  • Análise dos custos iniciais e também dos custos mensais.

Observe também que um plano de negócios será um documento necessário se você pretende fazer um empréstimo bancário para o desenvolvimento do seu negócio.

Avaliações do plano de negócios da loja de móveis ()

Principal aspecto do plano de negócios de uma loja de móveis no ano

Organização de uma loja de móveis: formato comercial

Ao contrário dos tempos soviéticos, agora não faltam móveis no mercado russo, pelo contrário, estão repletos de produtos de vários fabricantes, e nem sempre se trata de móveis de alta qualidade. Há cada vez menos nichos vagos nesse setor da economia, mas um empresário competente sempre tem a chance de ocupar seu lugar e fazer de uma loja de móveis um projeto lucrativo.

Devido à redução da rentabilidade deste negócio, alguns empresários que decidem abrir um showroom de móveis são obrigados a sacrificar a sua reputação, fechando os olhos à qualidade dos móveis que comercializam. Via de regra, essa decisão impopular, mais cedo ou mais tarde, volta para o próprio empresário. Comerciantes mais experientes vão ao encontro do comprador, desenvolvendo programas de fidelidade, baixando preços de mercadorias, organizando promoções e dando descontos para clientes regulares.

Segundo as estatísticas, um pouco mais da metade dos móveis vendidos cai sobre produtos nacionais, 40-45% - sobre a participação de fabricantes importados, entre os quais Itália e Alemanha são os líderes. Recentemente, as vendas de móveis chineses aumentaram acentuadamente e, a julgar pelas críticas de compradores de lojas de móveis, a qualidade de tais produtos deixa muito a desejar.

Abrir uma loja de móveis pode transformá-lo em um empresário de sucesso ou deixá-lo sem nada, sem um tostão. Tudo depende de quão competente será a organização do negócio - a loja de móveis. Em primeiro lugar, trata-se do formato do outlet. Levando em consideração as peculiaridades do segmento de mercado em que seu projeto é pautado - seu próprio salão moveleiro, existem várias maneiras de entrar no ramo moveleiro.

A primeira e talvez a opção mais popular é ingressar nas fileiras dos revendedores dos principais fabricantes de móveis. O capital mínimo necessário para isso é de aproximadamente 25-30 mil dólares. É importante realizar uma análise completa do fornecedor de móveis com antecedência, a fim de selecionar um parceiro verdadeiramente confiável. O segundo método, também popular entre os empresários, é a aquisição de uma franquia de marcas comerciais e industriais conhecidas. Os custos são praticamente os mesmos do primeiro caso, mas ao mesmo tempo você não precisará investir grandes quantias de dinheiro na promoção do seu negócio. Mas a organização do showroom de móveis está sob o controle do franqueado.

Ao decidir começar a negociar em um nicho estreito, por exemplo, abrindo uma loja de móveis infláveis ​​ou construindo um negócio com móveis de vime, você pode evitar a competição com os principais monstros da mobília, mas o risco neste caso é também muito mais alto. Nessa situação, faz sentido realizar regularmente uma pesquisa com os compradores de uma loja de móveis para identificar a demanda do consumidor, a fim de tomar medidas oportunas para alterar o sortimento. Você pode minimizar os riscos usando um exemplo profissional de plano de negócios para abrir uma loja de móveis com cálculos prontos. Um plano organizacional competente ajudará a determinar com precisão a estrutura de uma loja de móveis. Você vai lidar com um assunto tão importante como a organização de uma linha de crédito no ramo moveleiro, poderá calcular de forma independente o volume planejado de vendas de móveis para armários por mês e, finalmente, contar com um bom lucro.

Abertura de loja de móveis: estilo escritório

O mercado de móveis não é muito lucrativo, mas com uma exceção - o segmento de móveis para escritório, que apresenta demanda estável. Mesas para escrever e para computadores, cadeiras de escritório, estantes, mesas para salas de conferências, mesinhas laterais - toda esta riqueza faz parte integrante do trabalho de qualquer escritório. E os empresários que se preocupam com a própria reputação tendem a atualizar regularmente os móveis de seus escritórios, acreditando acertadamente que a primeira impressão de uma empresa costuma ser a mais duradoura.

O volume de vendas de produtos de mobiliário de escritório está crescendo a cada dia, à medida que o número de escritórios de várias firmas e empreendimentos está aumentando na mesma proporção. Nesse sentido, a lucratividade neste setor de mercado chega a 30-35%. Ao abrir seu próprio negócio - uma loja de móveis - do zero, você pode recuperar os custos iniciais em 2 a 3 anos.

Feedback sobre o plano de negócios para a produção de móveis ()

O BP é bastante sistemático e detalhado. Indicado para quem ainda não escolheu o seu nicho ou está em dúvida. Graças a um plano de negócios, com base em seus dados iniciais, você pode criar seu próprio projeto de negócios. Muito bem! Obrigado

Principal aspecto do plano de negócios para produção de móveis do ano

Organização da produção de móveis do zero

A demanda, como você sabe, dá origem à oferta. Esse fator é responsável pelo surgimento no mercado de móveis russo de um grande número de novos fabricantes. Segundo as estatísticas, mais de 70% dos móveis vendidos no mercado são feitos por empresários nacionais, sendo que os mais procurados são os produtos que se encontram na faixa de preço médio.

A tecnologia descomplicada para a fabricação de armários e móveis sem moldura muitas vezes engana os empresários novatos, que pensam que não é difícil organizar um negócio do zero e começar a fazer móveis sob medida. E, nesta fase, muitos deles cometem erros irritantes, que posteriormente levam a falhas graves.

A primeira questão que preocupa qualquer empresário é onde começar a produção de móveis sem moldura, como abrir o seu próprio negócio de móveis e transformá-lo numa fonte estável de rendimentos. Um dos fatores que favorecem a abertura da produção moveleira é o investimento financeiro relativamente baixo nesse negócio. Decidido que vai produzir móveis, o empresário também deve decidir em qual cômodo será aberta a produção de móveis.

Primeiros passos na organização da produção de móveis

Alugar uma loja de móveis especiais é certamente uma das melhores opções. Mas, em geral, os custos no estágio inicial de desenvolvimento de negócios podem ser minimizados e uma pequena sala pode ser alugada para montar os móveis.

Mas mesmo esta opção deve ser considerada para obter os melhores benefícios. É importante que a organização de uma loja de móveis leve em consideração a conveniência de sua localização, se será possível evitar gastos desnecessários com transporte, bem como os custos de manutenção das instalações em bom estado. Por exemplo, uma oficina de produção semi-abandonada ou uma sala espaçosa vazia em um escritório municipal podem ser adequados para esse propósito.

Como criar renda passiva em 4 dias

Uma maratona onde você criará uma renda viva passiva do zero e aprenderá estratégias específicas para investir em apartamentos, casas, garagens, carros e até mesmo em locais lucrativos

Plano passo a passo para iniciar uma empresa de fabricação de móveis

A primeira parte de qualquer documento financeiro é um currículo, que define o conceito básico para a produção de móveis estofados ou armários. Em nosso exemplo, descreveremos o procedimento para a fabricação de móveis de gabinete no segmento de preço médio. São cozinhas, corredores, jogos de quarto e móveis de escritório. O workshop funcionará em um princípio de ciclo incompleto. Os fornecedores deverão fornecer materiais prontos para serem cortados e montados de acordo com desenhos personalizados para móveis estofados ou armários. Acredita-se que o empreendedor não utiliza recursos emprestados e não atrai investidores, mas depende apenas de sua própria poupança.

Pesquisa de mercado e concorrência

Um plano de negócios deve necessariamente conter uma análise das propostas dos concorrentes, faixa de preços e condições de fornecimento de matérias-primas por fornecedores, mercados de vendas e compradores potenciais.

Hoje, os volumes de produção da indústria de móveis na Rússia consistem nos seguintes segmentos:

  • Móveis de gabinete para uso doméstico - 25%.
  • Móveis para escritório e produção - 23%.
  • Conjuntos de cozinha prontos e cozinhas sob encomenda - 22%.
  • Sofás, camas, cantos macios e outros itens de móveis estofados - 17%.
  • Conjuntos de quarto - 13%.

Todo o mobiliário que hoje se apresenta no mercado nacional está subdividido por finalidade funcional, soluções de design e tipo de materiais. Para guardar coisas, eles usam armários, cômodas, armários. Para descanso e trabalho - cadeiras, sofás, camas. As tabelas devem fornecer uma refeição confortável e trabalho. Estruturalmente, distinguem móveis seccionais, pré-fabricados universais, indissociáveis, embutidos e outros. Entre os materiais, a madeira, combinações de plástico, metal e vidro estão na liderança, e recentemente a fabricação de móveis de vime se popularizou.

O plano de negócios deve levar em consideração a natureza, os materiais, a funcionalidade dos móveis. Na fase de sua preparação, o empresário deve decidir sobre a liberação do primeiro lote. Quer se trate de conjuntos de cozinha, produção de móveis estofados, escritório ou produtos domésticos.

Formas de implementação

É importante que o plano de negócios identifique imediatamente o círculo de futuros consumidores:

  • Empresas, restaurantes, escritórios, oficinas de produção.
  • Consumidores finais - a população que compra móveis para si.
  • Lojas de móveis, estúdios de design e outros intermediários.

Talvez Você SE Interese
Nós usamos cookies.
Usamos cookies para garantir que lhe damos a melhor experiência em nosso site. Ao usar o site, você concorda com o nosso uso de cookies.
Permitir cookies.